Futebol Brasileiro - 90's

RSS




Por: Júlio César Cardoso e Paulo Sérgio de Barros Júnior
Nestor Isasi. Jogou no SP no fim da década de 90.

Nestor Isasi. Jogou no SP no fim da década de 90.

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Pai Santana

Pai Santana

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Paulo Nunes: um dos grandes colecionadores de títulos da década de 90, Paulo Nunes começou sua coleção de troféus bem cedo. Em 1990, fez parte do Flamengo campeão da Taça SP de Futebol Júnior, em um time que contava com jogadores como Piá, Marquinhos, Júnior Baiano, Nélio, Fabinho, Marcelinho e Djalminha. Como profissional, pelo Flamengo, conquistou a Copa do Brasil de 1990, o Carioca de 1991 e  o Brasileiro de 1992.

Pelo Grêmio, sob o comando de Scolari, Paulo Nunes viveu seu auge: bi-campeão gaúcho em 1995/1996, Campeão da Libertadores em 1995, brasileiro em 1996 (artilheiro) e da Copa do Brasil em 1997. Ainda naquele período, foi campeão da Copa América de 1997, pela Seleção Brasileira.
No final da década de 90, já pelo Palmeiras, foi campeão da Copa do Brasil  e da Mercosul em 1998, e campeão da Libertadores em 1999.

Teve uma segunda passagem pelo Grêmio em 2000 e atuou ainda pelo Corinthians, em 2001, antes de vagar por times menores até sua aposentadoria em 2003.

Paulo Nunes: um dos grandes colecionadores de títulos da década de 90, Paulo Nunes começou sua coleção de troféus bem cedo. Em 1990, fez parte do Flamengo campeão da Taça SP de Futebol Júnior, em um time que contava com jogadores como Piá, Marquinhos, Júnior Baiano, Nélio, Fabinho, Marcelinho e Djalminha. Como profissional, pelo Flamengo, conquistou a Copa do Brasil de 1990, o Carioca de 1991 e  o Brasileiro de 1992.

Pelo Grêmio, sob o comando de Scolari, Paulo Nunes viveu seu auge: bi-campeão gaúcho em 1995/1996, Campeão da Libertadores em 1995, brasileiro em 1996 (artilheiro) e da Copa do Brasil em 1997. Ainda naquele período, foi campeão da Copa América de 1997, pela Seleção Brasileira.

No final da década de 90, já pelo Palmeiras, foi campeão da Copa do Brasil  e da Mercosul em 1998, e campeão da Libertadores em 1999.

Teve uma segunda passagem pelo Grêmio em 2000 e atuou ainda pelo Corinthians, em 2001, antes de vagar por times menores até sua aposentadoria em 2003.

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Bandeira. Aquele, que jogou no Palmeiras.

Bandeira. Aquele, que jogou no Palmeiras.

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Nowak - Meia polonês que, junto com Piekarski, atuou no Atlético-PR entre 1996 e 1998. Em 2001 Nowak descobriu que possuía uma doença degenerativa, a ELA (Esclerose lateral amiotrófica - ALS em inglês), doença esta que o matou em maio de 2005, aos 29 anos de idade. Antes de falecer, criou uma fundação para fomentar pesquisas e cuidar de pessoas que sofrem de ALS.
 
Postado por: Júlio César

Nowak - Meia polonês que, junto com Piekarski, atuou no Atlético-PR entre 1996 e 1998. Em 2001 Nowak descobriu que possuía uma doença degenerativa, a ELA (Esclerose lateral amiotrófica - ALS em inglês), doença esta que o matou em maio de 2005, aos 29 anos de idade. Antes de falecer, criou uma fundação para fomentar pesquisas e cuidar de pessoas que sofrem de ALS.

 

Postado por: Júlio César

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Piekarski: meia polonês de passagens discretas por Atlético-PR, Flamengo e Mogi-Mirim. Em 2003, foi CONDENADO POR BIGAMIA, por ter casado pela segunda vez sem antes ter dissolvido, de maneira legal, seu primeiro casamento com a ex-miss Brasil, a paranaense Kelley Vieira.

Postado por: Júlio César

Piekarski: meia polonês de passagens discretas por Atlético-PR, Flamengo e Mogi-Mirim. Em 2003, foi CONDENADO POR BIGAMIA, por ter casado pela segunda vez sem antes ter dissolvido, de maneira legal, seu primeiro casamento com a ex-miss Brasil, a paranaense Kelley Vieira.

Postado por: Júlio César

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Marcelo Passos: meia de passagem especialmente marcante pelo Santos, na primeira metade da década de 90. Pela equipe da Vila Belmiro, Marcelo Passos foi vice-campeão brasileiro em 1995. No jogo final, diante do Botafogo, fez o gol da equipe santista. No entanto, o empate por 1x1, em partida de arbitragem polêmica, acabou não sendo suficiente para evitar o título da equipe carioca.

Postado por: Júlio César

Marcelo Passos: meia de passagem especialmente marcante pelo Santos, na primeira metade da década de 90. Pela equipe da Vila Belmiro, Marcelo Passos foi vice-campeão brasileiro em 1995. No jogo final, diante do Botafogo, fez o gol da equipe santista. No entanto, o empate por 1x1, em partida de arbitragem polêmica, acabou não sendo suficiente para evitar o título da equipe carioca.

Postado por: Júlio César

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Mauricinho: Atacante velocista de passagem especialmente marcante pelo Vasco. Campeão da Taça Libertadores em uma de suas três passagens pelo clube de São Januário, Mauricinho viveu seus melhores momentos no final da década de 80, ainda início de carreira. Na década de 90, passou por Bragantino, Remo, Ponte Preta, Botafogo e Comercial de Ribeirão Preto. Disputou o mundial sub-20 pela Seleção Brasileira, ao loado de nomes consgrados como Bebeto, Giovani, Jorginho e Dunga.

Postado por: Júlio César

Mauricinho: Atacante velocista de passagem especialmente marcante pelo Vasco. Campeão da Taça Libertadores em uma de suas três passagens pelo clube de São Januário, Mauricinho viveu seus melhores momentos no final da década de 80, ainda início de carreira. Na década de 90, passou por Bragantino, Remo, Ponte Preta, Botafogo e Comercial de Ribeirão Preto. Disputou o mundial sub-20 pela Seleção Brasileira, ao loado de nomes consgrados como Bebeto, Giovani, Jorginho e Dunga.

Postado por: Júlio César

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Odair PatriarcaNascido em Itaporanga-SP, começou a carreira no São Bento de Sorocaba. Teve destaque quando atuou pelo Novorizontino em 1990, quando o time foi vice-campeão paulista. Depois, foi negociado com o Palmeiras, sendo inclusive convocado para a seleção brasileira treinada na época por Paulo Roberto Falcão.Postado por: Paulo Sérgio de Barros Junior

Odair Patriarca

Nascido em Itaporanga-SP, começou a carreira no São Bento de Sorocaba. Teve destaque quando atuou pelo Novorizontino em 1990, quando o time foi vice-campeão paulista. Depois, foi negociado com o Palmeiras, sendo inclusive convocado para a seleção brasileira treinada na época por Paulo Roberto Falcão.

Postado por: Paulo Sérgio de Barros Junior

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Ronald: Ronald aquele, lateral direito do Fluminense em 1995.

Ronald: Ronald aquele, lateral direito do Fluminense em 1995.

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Paulão Desmaio. Zagueiro que, dentre algumas trapalhadas em campo, ficou famoso pela imagem acima, quando desmaiou durante sua apresentação no São Paulo.
Postado por: Paulo Sérgio de Barros Junior

Paulão Desmaio. Zagueiro que, dentre algumas trapalhadas em campo, ficou famoso pela imagem acima, quando desmaiou durante sua apresentação no São Paulo.

Postado por: Paulo Sérgio de Barros Junior

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Brinquedo: atacante que, na Copa do Brasil de 1998, marcou o gol no empate diante do Vasco, pelas oitavas de final, pelo Picos-PI.

Postado por: Júlio César.

Brinquedo: atacante que, na Copa do Brasil de 1998, marcou o gol no empate diante do Vasco, pelas oitavas de final, pelo Picos-PI.

Postado por: Júlio César.

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Valdir Todinho: jogador de passagem mais marcante pelo Atlético-MG, na década de 90. Pelo Galo, Valdir foi campeão mineiro em 95, 99 e 2000, além de ter conquistado a Copa Conmebol de 1992. Passou também por Cruzeiro, Inter, Atlético-PR, América-MG. Atleticano declarado.



Postado por: Júlio César.

Valdir Todinho: jogador de passagem mais marcante pelo Atlético-MG, na década de 90. Pelo Galo, Valdir foi campeão mineiro em 95, 99 e 2000, além de ter conquistado a Copa Conmebol de 1992. Passou também por Cruzeiro, Inter, Atlético-PR, América-MG. Atleticano declarado.

Postado por: Júlio César.

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Gottardo: zagueiro cuja carreira teve início ainda na década de 80, conquistou seus principais títulos na década de 90. Campeão brasileiro pelo Flamengo (1992) e Botafogo (1995). Pelo Cruzeiro, foi campeão da Libertadores de 1997. É também muito lembrado pela conquista do estadual de 1989, pelo Botafogo, quando atuou ao lado de Mauro Galvão.

Postado por: Júlio César

Gottardo: zagueiro cuja carreira teve início ainda na década de 80, conquistou seus principais títulos na década de 90. Campeão brasileiro pelo Flamengo (1992) e Botafogo (1995). Pelo Cruzeiro, foi campeão da Libertadores de 1997. É também muito lembrado pela conquista do estadual de 1989, pelo Botafogo, quando atuou ao lado de Mauro Galvão.

Postado por: Júlio César

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.

Zé Afonso: um dos muitos atacantes que passaram pelo Grêmio pós-Jardel, na segunda metade da década de 90.

Postado por: Júlio César

Zé Afonso: um dos muitos atacantes que passaram pelo Grêmio pós-Jardel, na segunda metade da década de 90.

Postado por: Júlio César

As informações sobre a carreira e clubes por onde os jogadores passaram são aqui tratadas como complementares. Não necessariamente são uma ficha completa de cada atleta. Em geral, as legendas serão um breve resumo das passagens mais marcantes de cada jogador.